"FANTOCHES DA MEIA NOITE"

Atualizado: Nov 18

Em outubro de 1921, o ainda Jovem Di Cavalcanti está exibindo uma "curiosa" coleção de Desenhos, intitulada, FANTOCHES DA MEIA NOITE.


O local, a Editora e Livraria "O Livro", do Livreiro carioca Jacinto Silva, na Rua XV de Novembro,nº32, no Triângulo, Centro da Capital Paulista.


O Célebre escritor do Livro "Canaã", Graça Aranha, visita a Exposição, sob o pretexto de conhecer o jovem artista carioca. Na Verdade, Graça Aranha, por incumbência do aristocrata cafeicultor Paulo Prado,para quem trabalhava, vai ao encontro de Di, para saber mais sobre o movimento "futurista" que começava a florescer na cidade...


A partir deste encontro, surgiu em um "suntuoso" jantar, na Mansão de Paulo Prado, a idéia da realização de uma SEMANA DE ARTE MODERNA, que se realizou nos dias 13,15 e 17 de fevereiro de 1922, no Theatro Municipal de São Paulo.



12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo